Archive for Junho 2013

Domingo que te quero lindo


Acontece que acordei às 06:30 com a cabeça pensando que eram 7h. O despertador tocou e levantamos, simplesmente. Bom, pelo menos deu tempo de depilar (com cera) as pernas antes de sairmos. Marcamos com um amigo para pedalar.

Quem mora ou conhece Salvador já ouviu falar no Parque Metropolitano de Pituaçu, que é um pedaço de Mata Atlântica e tem uma ciclovia no meio da mata que mede 15 km. Muitas pessoas pedalam, mas algumas caminham e correm. É um lugar super agradável, super verde, tem um lago enorme e é bem legal para um programa em família ao ar livre. Dá pra andar de pedalinho, fazer piquenique e tem restaurante, lojas de bugingangas, sebo, etc. Mas o que nos interessava era a loja de aluguel de bicicletas. Você aluga a hora por R$ 10 e vai pedalar.

Ficamos tão animados que nem tiramos fotos, só uma. Da próxima vez tiraremos mais.

Foto tirada depois da volta de 15 km.

Entrada do parque. Fonte: Internet

Parte interna. Fonte: Internet

Aluguel de bicicletas. Fonte: Internet

A trilha de bicicleta fica arrodeando essa mata toda. Fonte: Internet

Mas claro que isso não ia passar batido. Chegando em casa o cansaço bateu forte. 

Lá pelas tantas da tarde, quase noite, resolvi cumprir as outras duas tarefas do desafio: hidratei o cabelo e esfoliei o corpo. Usei um creme hidratante da Natura (no estilo Miojo: você coloca e deixa por 3 minutos) e o esfoliante d'O Boticário, de Lichia (muito cheiroso. Já usei o da Nivea que é delicioso e o de Aloe Vera + Verbena, d'O Boticário). Quem quiser me indicar outros, pode mandar. 



Eu sempre faço hidratação capilar e esfoliação corporal, mas não hei de mentir: faz um tempinho que não faço, não por falta de tempo, mas por desleixo e falta de vergonha nessa carinha linda de papai. Por isso o desafio veio despertar essa vontade de cuidar mais  das minhas madeixas. Acho super importante a gente ter tempo para nosso corpo e também para a nossa alma. Que venham as próximas tarefas! +ansiedade

Então é isso. Agora vou assistir o jogo do Brasil e torcer para que o melhor vença (mentira, vou torcer pelo Brasil).


Beijos, beijos!
domingo, 30 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

E o sábado foi...

Lindo! Fui à pela manhã academia e fiz minha série, mas antes corri 4,5 km na rua (todas as esteiras estavam cheias e eu não queria esperar). E à noite saí com meu pão de metro. Fomos ao cinema assistir "Minha mãe é uma peça". Tenho certeza que muitas pessoas vão se identificar com algumas situações porque penso que toda mãe tem algo em comum.

Daí que eu fiz minha primeira tarefa para o desafio: unhas! Adoro fazer, pintar e decorar as unhas. A escolhida da vez foi uma francesinha vertical que achei linda!


Não está perfeita porque foi a primeira vez que eu fiz, mas fez sucesso na rua. Rá!

Cores: cora intenso da marca Mohda e preto fosco, da Risqué.
Grau de dificuldade: fácil.



Troquei de tênis também. Comprei um para ir para a academia, porque o meu antigo... Desconfio que a Joana D'Arc o tenha usado em suas batalhas, na França. Eu fico vendo, na academia, muita gente indo com tênis velho e "confortável", mas isso é um grande erro. Tênis tem prazo de validade e a gente deve respeitar isso. Até porque, mesmo que você vá malhar, sempre passa 15, 20 minutos na esteira ou bicicleta, ou faz aulas de aeróbica. 


Bom, é isso. Mais tarde eu escrevo sobre hoje. Ho ho ho. 



Beijos, beijos!
Por Caroline Fortunato

Justificativas + Desafio + Pesagem




Eita, que ultimamente eu estou sem vir aqui (mas faço minhas visitas regularmente). Vou explicar o porquê: minha amiga lá do Atelier Pilates não pode dar as aulas entre quarta e hoje, e eu assumi as turmas. Todas. Tipo, mais de 15 aulas entre manhã, tarde e noite. Daí já imaginam meu "esmagamento", né? Mas isso foi apenas essa semana e tudo volta ao normal a partir de amanhã.
O mais bacana - e importante - de tudo é que eu não deixei de me alimentar corretamente nem de fazer meus exercícios na academia. Ok, não fui hoje porque o tempo foi curto e eu estava com muito, muito sono. Aliás, desde que comecei a malhar, ando com sono cedo e minha noite é de sono pedra. Estou achando ótimo, na verdade.
Ontem não corri por conta da chuva que estava caindo. Eu esperei para correr com o Will na rua, mas São Pedro não deixou. Daí não corri na academia nem na rua. Bom, foi só ontem. Olha, estou viciando em exercícios. No dia que não faço, sinto algo faltando dentro do meu ser (profundo, eu sei) e não são as lombrigas pedindo comida. Juro!


Sobre o desafio Mais Light Que Alface:
- Água: Ok (nem preciso me preocupar com isso, na verdade);
- Frituras, doces e álcool: ok, ok, ok.
- Exercícios 3x/semana: ok e ainda tenho amanhã e domingo (vou pedalar. Cenas do próximo capítulo);
- Tarefas: ainda não fiz nenhuma por falta de tempo, mas penso em fazer todas amanhã e domingo. Nham, nham.
Considerações:
Mais uma vez as regras são tranquilas para mim. Só não me adequei às tarefas por conta do tempo corrido, mas vou me ajeitar 100% até a próxima semana.
Peso inicial do desafio: 78,7 kg
Peso atual: 77,9 kg
Minha cara: porrraaaannnnnnnnnnn!!!! Oh, yeahp!!!!!! Ahá, uhuu!


Bom, é isso. Semana que vem eu vou me dedicar mais ao desafio e procurar uma nutricionista para dar uma alavancada na perda de peso. Ainda não me medi de novo (a única vez foi em 23/04), mas vou fazer na semana que vem. Vou tirar uma foto qualquer dia desses para fazer um antes e depois. Estou mais fininha e linda. Como pode alguém estar sempre mais linda? Ó, céus, como sou humilde...
Beijos, beijos!!!
sexta-feira, 28 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Olha eu aqui de novo xaxando...

Meninas do meu Brasil varonil! 

A Carol voltou linda, sã e salva depois de um feriadão danado de bom. Vou fazer um resumão:

Sexta-feira:

Dia da viagem. Eu estava com a roupa no corpo para ir para academia, daí o meu bem chegou na hora da minha saída. Aí já viu, né? Não fui. Fui, sim, arrumar a mala e ajeitar as coisas para a viagem. Fomos para a casa do meu primo que mora no interior (um dos mais badalados nesta época do ano), a cerca de 180 km de Salvador. Nada perto, mas também nada longe. A viagem foi tranquila. Chegamos e meu primo tinha ingressos para o camarote. Resumindo: cerveja!!! Ops... Pois é. Bebi. Muito. Nham, nham. Chegamos em casa às 4 h da manhã.

Sábado:

Levantamos tarde e nos organizamos para o jogo do Brasil. Comemos feijoada e... cerveja!!! Nham, nham. A tarde toda que Deus deu. E à noite, mais ingressos para o camarote. Mais cerveja e mais uma vez voltamos às 4 h da manhã.

O meu primo estava tirando a foto. Rá!

Ó meu primo lá atrás!

Domingo:

Resolvemos ir embora. O William estava em Natal e voltou na sexta, no mesmo dia em que fomos para a casa do meu primo. Mas foi uma comoção tão grande que amoleceu o coração do meu amor. Resolvemos ficar e... cerveja!!! Comemos um churrasquinho de improviso (nada de gato, claro) para ver o jogo da Espanha. A Vivi que me perdoe, sim?! 

Segunda:

Sim, voltamos para casa. Super cansada e com ressaca claro. 


Considerações gerais:

- Levei tênis e roupas de ginástica, mas não usei. Tentei, chamei meu bem, mas não fomos;

- Minha alimentação não fora de todo ruim. Minhas refeições foram mantidas legais (pelo menos as frutas de manhã, leite desnatado, pão integral). Minha derrapada maior foi (foram!) a cerveja. Mas continuo linda, então é isso o que realmente importa.



Hoje, entretanto, tudo voltou ao normal. Minhas refeições foram tranquilas e no horário. À tarde fui para a academia, caminhei e malhei. Quando meu bem chegou do trabalho, me chamou para correr e eu não resisti. Caminhamos e corremos cerca de 5 km ou mais (o celular descarregou e não pudemos ver o aplicativo). Estou suando até agora!!! Mas valeu muito a pena.

Também hoje começa o desafio Mais Light Que Alface. Vamos ver no que dá, já que não tenho um batom Mac. Ele será meu, hein?! Rá!


Bom, é isso. Estou morrendo de sono, pingando mesmo. Efeito da corrida e da musculação. Ah! Quero fazer um comentário rápido (ok, já sei que falei demais antes): senti uma melhora significativa na força muscular durante a corrida. A questão do fôlego já está dominada, mas sempre que eu corria na rua (aqui perto de casa que tem muita ladeira) e subia ou descia, minhas pernas doíam e eu sempre diminuía o ritmo para conseguir terminar. Hoje eu consegui manter o ritmo mais puxado que antes (lembrem-se que eu estava correndo apenas na esteira, na academia, nas últimas 2 semanas) e me senti ótima! Muito bom.


Por hoje é só, pessoal.


Beijos, beijos!


terça-feira, 25 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

E viva São João!

Amores lindos!
 
Talvez seja complicado realizar as postagens aqui e as visitas nos blogs de vocês até o dia 24/06, segunda-feira. Aqui na Bahia - bem como em todo o Nordeste - é feriadão até a segunda e eu e o meu pão-de-ló saímos de Salvador em direção a uma cidade do interior para:
 
- Dançar forró;
 
- Beber álcool;
 
- Comer quitutes juninos;
 
- Engordar.
 
 
Anarriê! Olha a cobra!!!
 
 
A parte de engordar é a pior, claro. Mas eu tenho que aproveitar enquanto não começo o próximo desafio, né?!
 
 
Bom, é isso. Vou tentar, pelo menos, visitar todas vocês nestes dias. Espero conseguir.
 
 
Peixo gândi em todas!
sexta-feira, 21 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Sem mais...



Telegrama Urgente:


Hoje estou bem assim, bem assim.


Sem mais...





quinta-feira, 20 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Cansaço + cansaço = Carol

Hoje o post  é realmente curto. Prometo.

O celular despertou às 06:30h para eu ir para a academia, mas só fui de fato mais de 09:30h. Muito cansada, panturrilhas doloridas e morta de vontade de ficar em casa. Mas eu fui mesmo assim. Não corri para não forçar as pernas e também para descansar, né?!


Amanhã o prefeito de Salvador decretou feriado municipal por conta do jogo entre o Uruguai e Nigéria, que irá ocorrer na capital da Terra do Dendê. Isso também se deu por conta do caos que está instalado na cidade desde o sábado passado em decorrência das fortes chuvas. Gente, é muita, muita água. Hoje à tarde deu uma trégua, mas já está armando o céu de novo. Doideira.

O dia foi super tranquilo, com alimentação integral e tudo certinho. Final do mês eu vou à nutricionista para ela me dar uma luz. Eu empaquei na casa dos 78 kg desde o ano passado. Vou dar uma acelerada no processo e esperar para ver os resultados da musculação.

Bom, é isso.
#Caroldormindoempé

Beijo, beijo!


Ah! Tem desafio novo na área: Mais Light Que Alface, idealizado, organizado e moderado pela Scheyla (Hello, Stranger), pela Gi (Projeto Eu Fininha) e pela Joanna (Minha Dieta Diária). O desafio tem uma página própria Mais Light Que Alface e consiste não apenas no emagrecimento, mas também na prática de tarefas semanais como cuidado com a beleza e com a mente. Bem legal. Quem quiser saber mais informações, clique sobre o link acima e participe. Além de perder peso, podemos ganhar presentes. Uhuuu!!!




quarta-feira, 19 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Pão integral Dukan

Meu dia começou assim:








Na hora do almoço...




Fiz pão Dukan enquanto fazia meu almoço. Os dois levaram quase o mesmo tempo para ficarem prontos.

Considerações:

- É barato, rápido e fácil de fazer;

- É gostoso, apesar de ter sabor de bolo e não de pão;

- É integral, natural e caseiro;

- Não rende nem incha (essa receita foi dobrada).

Receita (Original. Caso queira maior, dobre, triplique, multiplique por quanto quiser):
- 2 colheres/sopa de farelo de aveia;
- 1 colher/sopa de farelo de trigo;
- 2 colheres/sopa de leite desnatado em pó;
- 1 colher/sobremesa de adoçante (eu usei o específico para forno e fogão da marca Tal e Qual);
- 1 pitada de sal;
- 1 ovo;
- 1 colher/chá de fermento em pó.

Como fazer (parte mais difícil):

- Mistura tudo e despeja numa forma untada. Eu usei a de bolo inglês, mas penso que dê para usar naquelas pequenas de porcelana, porque daí dá para fazer porções individuais. Infelizmente eu não sei precisar a quantidade de calorias por pão, mas não deve ser muito. Quem souber me informa, sim?!

Fui para a academia à tarde e fiz meu treino B (ontem foi o A). Eu faço a respiração e a contração do Pilates durante a musculação, o que dificulta meu exercício, consome mais energia e me faz suar pra caramba. Oh, yeah!

Vou levar meu pão-de-ló (agora light) ao aeroporto. De novo. Ai, ai...


Beijos, beijos!

terça-feira, 18 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

1, 2, 3, 4, 4, 3, 2, 1...

1, 2, 3, 4... Ufa, ufa, ufa!

Antes de falar sobre o meu dia, quero falar sobre a minha cidade. Salvador está um caos. Tem chovido torrencialmente desde ontem. Muitas ruas alagadas e deslizamentos de terra. Graças a Deus nenhuma morte foi relatada, mas ainda assim são muitos desabrigados,  famílias inteiras que não têm para onde ir e que perderam seus pertences. Se na sua cidade estiver acontecendo isso, ajude com roupas ou alimentos não-perecíveis. Sei que essa função é do Estado e do município, mas quando puderem ajudar, o façam.


Bom, meu dia foi super tranquilo e preguiçoso por conta da chuva. Ainda assim, cheguei na academia às 06:30h e comecei invertendo a corrida (semana passada eu fiz depois de malhar e nessa eu vou fazer depois). Hoje não é o meu dia de correr, mas não vou para a academia nem sábado nem segunda que vem. No Nordeste é feriado dia 24 (São João) e vamos viajar para uma cidade do interior, curtir um forró e um friozinho genuíno. Então eu corri 4 km e malhei. Meus exercícios diminuíram a quantidade de repetições e aumentaram as séries. Ainda pego um peso relativamente leve e estou fazendo exercícios diferentes da sequência passada. Como eu tinha acabado de correr, fiquei suando feito cuscuz durante toda a musculação e ainda voltei pra casa debaixo de uma chuva intensa.



O restante do dia foi de tranquilidade pura, mas acabei dormindo de manhã mais do que o normal. Fui tirar um cochilo e me perdi no tempo. Também, né?! Com o céu escuro e um friozinho do que jeito que está, meu cérebro entende que é sempre noite. Rá! #desculpaesfarrapada.

Bom, é isso. Deixo vocês com uma matéria do blog da Michelle Franzoni (Mimis) super bacana: Musculação - Mitos e Verdades. Quem está - assim como eu - começando a malhar ou está pensando em começar, vale a pena a leitura.




Beijos, beijos!


segunda-feira, 17 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Pizza no almoço pode?


Resumo do sábado:

- Fui à academia pela manhã e malhei, corri e caminhei. Uma chuva danada em Salvador, nossa! Segunda-feira começo o treino de verdade. Lembrem-se: eu estava fazendo o treino de adaptação, para quem nunca malhou.

- Teve jogo do Brasil e vimos em casa;

- Saímos à noite para comemorar o dia dos namorados. Ahh, mas foi bom demais! Fomos a um bar/restaurante e eu me esbaldei. Teve de entrada a sobremesa. Maravilha! Ah! Bebi cerveja também. Saudade disso... Nem tanta! Rá!

Essa calça não cabia em mim nem a pau!


Resumo do domingo:

- Eu ia correr o Circuito da Caixa hoje, 5 km, mas devido à saída de ontem e à quantidade de chuva em Salvador, deixei para a próxima. Foi até bom, porque eu estava super cansada e com os braços doendo da musculação de ontem.

- Fiz pizza low carb para almoçar e vou dizer: ficou show! Não usei muito a criatividade para fazer o recheio, mas valeu a pena. Olha, fiquei satisfeita com a quantidade, até porque a aveia dá uma sensação de saciedade grande. 

A foto não ficou muito bonita, mas a pizza ficou boa.

A receita:

- 2 colheres/sopa de farelo de aveia;
- 1 colher/sopa de farelo de trigo;
- 2 colheres/sopa de leite em pó desnatado;
- 1 ovo;
- Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Como fazer:

Bater todos os ingredientes com o fouet e despejar a massa numa frigideira antiaderente. Assar de um lado, virar, colocar o molho de tomate e o recheio de sua preferência e tampar um pouco para derreter o queijo. Pronto.

- O tempo de preparo é de cerca de 5 minutos. Só! Dá pra fazer quando chegar cansada ou atrasada para almoçar ou jantar, dá para fazer com as sobras de carne de algum outro dia. É só usar a criatividade. Gostei muito dela.

- A minha foi de ricota com calabresa e tomates. Salpiquei orégano por cima e ficou show! 

- Vou comer banana-da-terra com queijo Minas à noite, ver o jogo de La Roja e dormir logo depois.



Bom, é isso. Eu tenho experimentado umas receitas com baixo ou zero carboidrato e tenho gostado. Essa semana eu comi crepe zero carboidrato. Não fotografei porque não caprichei, estava com dor no corpo (vocês lembram do início da minha semana, né?), enfim... Quando eu fizer outra vez, vou fotografar e postar.


Tenhamos todos uma excelente semana. Para quem é nordestino, semana que vem tem feriadão e muito forró! Eitaminhaporrinha!


Beijos, beijos!
domingo, 16 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Desistindo de tudo... Adeus.


Acordei cedinho e fui para a academia. Oh yeah! Fiz minha série e caminhei meus 2 km (1 antes e 1 depois) olhando para o relógio porque meu pão-de-ló ia chegar. [Vou contar uma coisa rapidinho: para fazer as posturas de Yoga com a cabeça para baixo e o arco - por exemplo -, é importante ter força em braços. Daí que meus braços só tinham tamanho (gordo) e não tinham força. Quarta-feira eu comecei a alongar lá na academia e me empolguei; acabei fazendo umas posturas de Yoga (incluindo o arco). Levei um susto tão grande quando consegui fazer sem me apoiar na cabeça!!!. Uau! E hoje eu resolvi testar e fazer o guindaste e a postura de cabeça para baixo. Sim, eu consegui. Estou tão feliz!!!!!!! Nham, nham].
Urdhva Dhanurasana (Postura do Arco)

Sirshasana (Postura de Cabeça Para Baixo)



Bakasana (Postura do Guindaste)


Daí que o meu pão chegou mais cedo do que eu esperava e não vou falar que eu estava no banho e fui pega de surpresa. Rá! Mentes maldosas! Ou é só a minha? Oh, Jesus. Salva-me, Senhor! Sei que o dia dos namorados foi na quarta, mas só dei e recebi presente hoje. E amei!!! Eu sempre quis usar aqueles shorts de corredor, sabe? Era um sonho. Mas imagina a bola que eu estava?! Não ia ficar legal. E o meu bem me presenteou com um e eu amei!!! Vou usá-lo na corrida de domingo (sim, vou correr domingo, mas entro em detalhes amanhã). Além dele, ganhei 2 camisetas para treinar e chocolates com recheio de avelã. Porque eu amo e posso! Rá!

O meu é roxo, mother fucker! Amei! 
Delícia!

O restante do dia foi tranquilo. Eu contei que voltei a trabalhar onde eu trabalhava? Bom, peguei 4 turmas da sexta-feira. Super bom! Adoro trabalhar com Pilates e as pessoas são ótimas, o lugar é bom e eu me sinto super feliz com isso.

Amanhã será o nosso dia dos namorados - comemoração - e vamos a um bar. Pode isso, Arnaldo?! Ho ho ho. E nem é Natal, ó pá! 

Hoje é o último dia do Desafio Vai Que Dá Certo e vou fazer umas considerações sobre ele (senta que lá vem coisa):

Início: 14/05/2013
Final: 14/06/2013
Peso inicial: 80.2 kg
Peso final: 78.7 kg
Meta: -3 kg
Total de perda: -1,5 kg (50% da meta)


Regras:

- As regras foram simples e relativamente fáceis de manter. Só mudaria a questão do doce. Acho que deveria liberar um dia, porque é complicado quando dizem que você NÃO pode. Eu fico beleza sem doce, mas foi só eu ler "NÃO PODE" pra me dar roedeira no estômago por conta de açúcar. Poca miséria! Acho que essa foi a única coisa que posso considerar negativa.

Resultados:

- Quando eu me inscrevi, coloquei o meu peso daquela semana: 79.8 e como meta, - 3 kg. Mas daí eu passei 1 semana em Natal e voltei pensando 80.2. Nem foi tanto, mas deu uma abalada. Passando o abalo, me dediquei muito a eliminar o peso. Hoje ele deu 78.7 kg e, de qualquer forma, estou muito satisfeita. E como não?! Músculos! Hoje eu tenho músculos! Fortes e lindos músculos. Oh, yeah! Eu só criei uma meta por conta do desafio, porque eu não gosto mais de dizer 'quero perder x quilos em x tempo'. Acho que isso só aumenta a ansiedade e diminui a perda em si. Sim, durante o desafio eu cheguei a pesar 77.5 kg. 

Retrospecto:

- Para quem não sabe, não viu ou não lembra, eu comecei minha jornada no dia 01/04/13 (juro que foi verdade mesmo no dia da mentira) com 84.4 kg. E lá se vão -5.7 kg.  Felicidade é pouco para o que estou sentindo. Tentei emagrecer muitas vezes e em todas eu tive o que queria, mas sempre voltava a engordar. Dessa vez eu quis fazer diferente e mudar de hábito para que o emagrecimento fosse duradouro e eterno. Eu falei disso AQUI, lá no começo. Bom, lá se vão quase 3 meses e eu me adaptei completamente. Não como frituras (porque não comia mesmo), evito doces (a canela me ajuda), aumentei meu consumo de frutas e verduras, como mais carne branca e magra (Like me), além de ter colocado na cabeça que preciso comer, no mínimo, 5 vezes ao dia. 

Meu problema para emagrecer era a junção de comida em horário errado + falta de uma rotina de exercícios físicos. Esses últimos eram feitos, antes, apenas no meu processo de emagrecimento. Assim que eu perdia o que queria, parava de me exercitar. Mais uma vez eu falo sobre o meu desafio pessoal AQUI sobre a corrida de rua que quero disputar. Fiz isso para poder não perder a linha. Há quase 3 meses atrás eu começava minha primeira planilha inicial de treino de corrida (Semana 1Semana 2Semana 3Semana 4) e achava que só estaria pronta para correr no final do ano. Ledo engano. Estou prontíssima e querendo mais.

Determinação + Foco + Força de vontade + abrir mão:

- Nunca é fácil. Nada. Dinheiro não vem fácil, um bom relacionamento tem seus dias complicados, educar um filho, ter um animal de estimação, entrar na faculdade, arrumar um emprego. E, claro, emagrecer é uma luta diária. É uma briga entre como somos e como queremos ser fisicamente. E a maior parte da vitória cabe apenas a nós. Claro, quando contamos com a ajuda de quem mora com a gente e com amigos ainda que virtuais, tudo fica mais suave. Mas não fica de todo fácil. 

Tem dias que acordo com preguiça. Tem semanas que estou à mercê do desânimo. Tenho meus períodos menstruais que aumentam minha vontade de não fazer porcaria nenhuma. Tenho minha dores musculares. Tenho meus afazeres domésticos. Tenho minhas aulas para dar. Tenho que correr na rua, me arriscando. Tenho que gastar uma nota pra comprar meus alimentos. Tem dias que quero emagrecer Isso e só emagreço Isso. Enfim, sou como todo mundo. Mas eu sempre encontro determinação no meu dia, sempre procuro me motivar comigo mesma e de vocês, sempre afasto os pensamentos e as pessoas sabotadoras, sempre revejo minha lista de prioridades, sempre refaço meus planos. Sempre, todos os dias de todas as semanas.

Porque nada é fácil para ninguém e eu não sou diferente só porque sou linda, baiana e modesta. Mas a gente tem que entender o próprio corpo e ouvir mais a si mesmo. Nunca se compare a ninguém. Tome como exemplo, mas trilhe seu próprio caminho. A gente abre a Internet e ela está repleta de casos lindos e felizes de superação. Daí você pensa: "Porran... eu sou muito fodida! Fulana perdeu 35 kg em 10 meses e eu não perco 1!". Mas nunca, nunca pense assim. Porque tudo depende do que você quer e do que você faz para conseguir. Além do mais, cada corpo tem seu limite. Conheça e respeito o seu.

Nunca fui comilona nem nunca descontei minhas frustrações na comida. Mas eu leio/ouço muita gente dizendo que faz isso. Entenda de uma vez por todas que comida não é Prozac. Quer descontar uma raiva? Faça uma caminhada ou uma corrida até seus pulmões arderem e seus joelhos bambearem (só não tenha um infarto e dê trabalho no meio da rua). Está na TPM? Arrume o guarda-roupa, lave seu tênis, dê banho no cachorro, ligue para uma amiga. Brigou com o marido? Volte para a caminhada, mas pise duro no chão. Porque a comida NÃO vai te ajudar com essas coisas. Ela só vai te fazer sentir mal depois. Comida é alimento e ela só serve para nos manter vivos. Só. Não existe prazer em comer. Prazer a gente tem em estar com quem a gente ama ou fazer uma viagem, ou ouvir um elogio no trabalho. Isso nos dá prazer. Ok, tem mais coisas, mas não hei de colocar aqui. 

Por que estou falando tudo isso numa sexta-feira? Porque sempre podemos começar de onde paramos. Sem lamentações e sem cobranças. Muitas pessoas temem o final de semana porque vai "jacar" e isso e aquilo. Sou do pensamento que devemos fazer tudo o que queremos, porém com responsabilidade. Quando falamos em nos re-educar, estamos dizendo "vou fazer tudo o que quero, mas com equilíbrio". Imagina se restringir o tempo todo e depois soltar uma manada de búfalos endoidecida atrás de um prato de comida?! Não dá, né? Re-educação alimentar significa mudar um hábito, mas é na cabeça que ela começa. Posso sair, beber uma cerveja (ao invés de uma caixa) e comer um pastel assado (ao invés de 2 fritos + batata frita + peixe frito + qualquer porcaria frita). E aí amanhã eu volto ao meu novo normal, como se nada tivesse acontecido. Isso significa harmonia em sua vida. É abrir mão de uma coisa para ter outra. Seja bondoso com seu corpo e mais ainda com sua mente.


Bom, é isso. Falei de mais como sempre, mas eu acho importante dividir esses pensamentos. Assim como um abraço muda o dia, uma palavra bem ditas salva uma vida. Rá! Filosofia na veia, manolo!


Beijos, beijos!


E só porque o meu amor está de volta, tomem Travis!!!!




Só quem leu o post até o fim viu que o título é fake. #CarolDanada #CarolQuerTodoMundoLendoAtéOFim #CarolPregouPeçaEmTodoMundo #CarolTraquina
sexta-feira, 14 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Carol-E

Tô carente igual o Wall-E...


E daí que...


O dia foi lento. Sério. Deve ter sido uma manhã de 16 horas e uma tarde de 14 e a noite nem começou e lá se vão mais 8 horas. Que saco!

Fui para a academia pela tarde, caminhei 2 km, malhei e corri 5 km. Oh, yeah! E agora? Agora estou morta de sono e vou dormir. 

Amanhã é o último dia do desafio Vai Que Dá Certo e nem sei com quantos quilos eu estou. É, preciso de uma balança.

Bom, é só isso. Estou ansiosa hoje. Vou ler para acalmar.


Beijos, beijos!

E tome-lhe música! Uma das minhas queridinhas, a irlandesa Snow Patrol. Música: The Garden Rules.


quinta-feira, 13 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Dia dos namorados - Só se fala disso hoje.



Acordei sentido-me bem melhor do que ontem. A garganta já não arranha tanto quanto ontem e não sinto qualquer dor no corpo. Ainda bem. A alimentação foi tudo ok e fui fazer meus exercícios físicos à tarde. Caminhei 3 km na esteira, fiz minha série de musculação e fui alongar com algumas posturas do Yoga. Para a minha surpresa, percebi que estou realmente muito forte. Consigo manter posturas que antes me eram difíceis. Oh yeah, baby!




Bom, hoje é dia dos namorados e não estou imune a ele, apesar do meu bem estar a quilômetros de distância de mim (entretanto tão perto, em meu peito). E em homenagem à ele - e a todos os românticos solteiros ou não - deixo uma parte pequena de um poema do meu poeta contemporâneo favorito: Don Ricardo Reyes ou, para os simples mortais, Pablo Neruda. O poema se chama "A pergunta" e encontra-se no "Livro das Perguntas" e no compilado de poemas chamado "Os versos do capitão". Neste, estão todos os  principais poemas que ele fez para a sua Matilde Urrutia, sua musa, amiga, mãe e o grande amor da sua vida, por quem ele abandonou tudo e em cujos braços ele morreu. Ai, Don Pablo...

Don Pablo e Matilde

O trecho abaixo representa bem o início do meu relacionamento com um menino tímido, de óculos e sorriso torto, por quem eu me encantei e por quem eu me encanto todos os dias, ao longo desses quase 4 anos juntos e, como dizia Neruda, "amo-te simplesmente, sem problemas nem orgulho. Assim te amo, porque não sei te amar de outra maneira" (A dança, outro querido meu).



Lá no comecinho...
La pregunta - Pablo Neruda

"Sou eu, amor meu,
Quem golpeia a tua porta.
Não é o fantasma, não é
o que antes se deteve
em tua janela.

Eu ponho a porta abaixo:
eu entro em toda a tua vida:
venho viver em tua alma:
tu não podes comigo.

Tens que abrir porta a porta,
tens que obedecer-me, 
tens que abrir os olhos
para que me busque com eles,
tens que ver como ando
com passos pesados
por todos os caminhos
que, cegos, me esperavam.


Não me temas,
sou teu,
mas,
não sou o passageiro nem o mendigo;
sou teu dono,
o que tu esperavas
e agora eu entro
em tua vida
para não sair mais,
amor, amor, amor,
para ficar".






E porque hoje é dia dos namorados e eu e o meu bem não temos uma "música nossa", deixo vocês com algumas que me fazem lembrar dele, de nós dois. Se tiverem tempo, ouçam. São lindas.

"Gold in them hills" - Coldplay e Ron Sexsmith



"Porque era ela, porque era eu" - Chico Buarque de Holanda.



"O meu amor" - Chico Buarque de Holanda

                          

                                  "Vermelho" - Vanessa da Mata



                                    "Your body is a wonderland" - John Mayer



                                 "Here, there and everywhere", The Beatles








Beijos, beijos!!!




E eis que o meu amor me lembrou:

Do Caffe au Leit, d'O Capitão e das Duas Asas. É tão lindo, tão ele...


quarta-feira, 12 de junho de 2013
Por Caroline Fortunato

Vem comigo!

Postagens Anteriores

Leia mais

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Eu Mais Saudável -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -