Por: Caroline Fortunato quarta-feira, 12 de junho de 2013



Acordei sentido-me bem melhor do que ontem. A garganta já não arranha tanto quanto ontem e não sinto qualquer dor no corpo. Ainda bem. A alimentação foi tudo ok e fui fazer meus exercícios físicos à tarde. Caminhei 3 km na esteira, fiz minha série de musculação e fui alongar com algumas posturas do Yoga. Para a minha surpresa, percebi que estou realmente muito forte. Consigo manter posturas que antes me eram difíceis. Oh yeah, baby!




Bom, hoje é dia dos namorados e não estou imune a ele, apesar do meu bem estar a quilômetros de distância de mim (entretanto tão perto, em meu peito). E em homenagem à ele - e a todos os românticos solteiros ou não - deixo uma parte pequena de um poema do meu poeta contemporâneo favorito: Don Ricardo Reyes ou, para os simples mortais, Pablo Neruda. O poema se chama "A pergunta" e encontra-se no "Livro das Perguntas" e no compilado de poemas chamado "Os versos do capitão". Neste, estão todos os  principais poemas que ele fez para a sua Matilde Urrutia, sua musa, amiga, mãe e o grande amor da sua vida, por quem ele abandonou tudo e em cujos braços ele morreu. Ai, Don Pablo...

Don Pablo e Matilde

O trecho abaixo representa bem o início do meu relacionamento com um menino tímido, de óculos e sorriso torto, por quem eu me encantei e por quem eu me encanto todos os dias, ao longo desses quase 4 anos juntos e, como dizia Neruda, "amo-te simplesmente, sem problemas nem orgulho. Assim te amo, porque não sei te amar de outra maneira" (A dança, outro querido meu).



Lá no comecinho...
La pregunta - Pablo Neruda

"Sou eu, amor meu,
Quem golpeia a tua porta.
Não é o fantasma, não é
o que antes se deteve
em tua janela.

Eu ponho a porta abaixo:
eu entro em toda a tua vida:
venho viver em tua alma:
tu não podes comigo.

Tens que abrir porta a porta,
tens que obedecer-me, 
tens que abrir os olhos
para que me busque com eles,
tens que ver como ando
com passos pesados
por todos os caminhos
que, cegos, me esperavam.


Não me temas,
sou teu,
mas,
não sou o passageiro nem o mendigo;
sou teu dono,
o que tu esperavas
e agora eu entro
em tua vida
para não sair mais,
amor, amor, amor,
para ficar".






E porque hoje é dia dos namorados e eu e o meu bem não temos uma "música nossa", deixo vocês com algumas que me fazem lembrar dele, de nós dois. Se tiverem tempo, ouçam. São lindas.

"Gold in them hills" - Coldplay e Ron Sexsmith



"Porque era ela, porque era eu" - Chico Buarque de Holanda.



"O meu amor" - Chico Buarque de Holanda

                          

                                  "Vermelho" - Vanessa da Mata



                                    "Your body is a wonderland" - John Mayer



                                 "Here, there and everywhere", The Beatles








Beijos, beijos!!!




E eis que o meu amor me lembrou:

Do Caffe au Leit, d'O Capitão e das Duas Asas. É tão lindo, tão ele...


{ 10 comentários }

  1. Imagem linda da simplicidade do amor. Muitas felicidades à vocês. Feliz dia (noite) dos namorados!

    ResponderExcluir
  2. A nossa história é a mais louca e a mais amorosa que já vi. Você é tão especial e uma fonte de encorajamento e amor.

    Você é tudo, você é... você, minha bochechinha.

    Lembra?

    http://www.youtube.com/watch?v=zPwGbv_EYmQ

    http://www.ocapitaoo.blogspot.com.br/2010/02/eu-ainda-fico-meio-sem-jeito-quando.html

    http://caffeauleit.blogspot.com.br/2009_10_01_archive.html

    ResponderExcluir
  3. que lindo Carol, fiquei feliz em ler o poema.... coisas bonitas assim me deixam feliz!! Feliz dia dos namorados e sempre pra vcs 2!!

    ahh to de volta rs tava com saudade!!

    bjinhos

    http://umanovaformanova.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi carol, que lindo seu poema, sua declaração.Feliz dia dos namorados! Fiquei cheia de amor.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. adorei o poema e as musicas (apesar q nao da pra ouvir daqui pq no trampo o youtube é bloqueado!)
    feliz dia dos namorados!
    bjos

    ResponderExcluir
  6. ahhh que lindo seu amor comentando no seu blog , me emocionei, existem relacionamentos que são tão verdadeiros que contagiam os outros

    Ai o amor....

    hahahahah

    ResponderExcluir
  7. Tão lindo o amor de vcs <3
    Beijos e aperta o Branco aí!

    ResponderExcluir
  8. Ai, ai e ai! Vezes mil, e cheios de mimimi!
    O amor de você é lindo e eu fiquei mais sua fã ainda depois que sei que vc gosta (pelo menos de uma musica) do John Mayer!
    Linda, ryca, phyca e magra!
    Beijo na bunda, dura!

    ResponderExcluir

Vem comigo!

Postagens Anteriores

Leia mais

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Eu Mais Saudável -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -