Archive for Abril 2013

O dia que antecede o descanso. Será?

     Gente, acordei com uma vontade absurda de ficar na cama, dormindo e sonhando com borboletas azuis. Mas é claro que não fiquei e as meninas do All Angels me chamaram às 04:40h. Beu abor comungou comigo desta ideia, mas logo a jogamos para escanteio. Não estava chovendo e eu pude desfrutar do meu maravilhoso tênis amarelo! Eu meio que me senti o Usain Bolt, saltitando, mais feliz que pinto no lixo. O treinamento começa a ficar mais longo e mais puxado. Daí que minha canelite doeu um pouco no começo, mas logo passou. Foram 40 lindos minutos. 

     Cheguei em casa, tirei minha fantasia de maratonista e coloquei a de dona de casa. 07:30h eu já estava no supermercado com minhas sacolas retornáveis e minha listinha de compras. Tudo muito caro e eu nem sei mais como estaremos até estas benditas Copa das Confederações, do Mundo e Olimpíadas chegarem. Um assalto à mão desarmada!!! Mas vamos em frente. Comprei tudo o que precisava, arriscando mais aqui e ali. E encontrei o tal do Rap 10 (escolhi a versão light) que todo mundo fala e eu nunca achei. Resolvi comê-lo no almoço. Fiz uma salada de repolho, tomate, cenoura, beterraba e alface, e uma carne moída. Na hora de montar, coloquei a carne moída com uma colher de sobremesa de creme de ricota, uma de milho verde e o alface. O restante eu fui comendo à parte.

     Considerações sobre o produto:

1 - Tem cheiro de farinha de trigo e aspecto de pão sírio;

2 - A embalagem é ótima porque possibilita guardá-lo em segurança;

3 - É super prático em dias de pressa;

4 - Fica com textura de tortilla mexicana. Sempre que eu o via na Internet, eu achava que era tipo uma panqueca.


     Valeu a pena a compra. Vai para a minha lista de "alimentos rapidinhos".


Almoço: Ficou meio queimadinho, mas é porque eu não tenho prática com ele. 

       Fui para o Pilates e o Yoga (que durou 1h30) à tarde e, como vou me mudar e não trabalho mais, cheguei cedo em casa. Oh, my! Não vou comemorar o dia do trabalho, mas vou caminhar para cumprir minha rotina de atividades físicas.

     Não esqueçam que ninguém poderá fazer por vocês aquilo que só dependem do seu querer: foco, fé e força! Nada de comer bobagens amanhã, sim?!


Enquanto isso no Pilates...












Aprendizados do dia:

1 - Ponha uma música suave no despertador;

2 - Não compre gelatina de limão;

3 - Tente seguir a lista de compras.



E para dormir feliz:


Fechando o mês com -4,6 kg. Uhuuu!!!
terça-feira, 30 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Cantando (e andando e correndo) na chuva

      Diálogo de um casal que levantou às 04:40h para caminhar:

(Ela) - Mô, vamos levantar. O despertador chamou.

                      (...)

(Ele) - Nossa vai chover.
(Ela) - É, tá frio. Vou de casaco. Tá com frio, não?
(Ele) - Um pouco.
(Ela) - Coloca um casaco, baby!
(Ele) - É, vou ter que colocar. Parece que a chuva vai aumentar.

                      (...)

(Ele) - Que vento frio da zorra!
(Ela) - Acelera o passo pra esquentar.
(Ele) - A chuva está mais forte.
(Ela) - Mas ainda dá pra fazer o percurso menor.
(Ele) - Está chovendo muito, vamos esperar um pouco.

                      (...)

(Ele) - Vamos continuar.
(Ela) - É, vamos tentar.
(Ele) - Puta que pariu, está chovendo demais.
(Ela) - Vamos voltar pra casa correndo?
(Ele) - Vamos!


E partiram correndo sob a chuva e o vento frio até chegarem em casa, 20 minutos depois de terem saído, com os tênis, as roupas e as cabeças molhadas.

Moral da história: o amor dura até debaixo d'água.

     Rá! A história aconteceu hoje de manhã e foi verídica. Juro! Fizemos 40 minutos de Yoga para compensar. O restante do dia foi tranquilo e fiz minha aeróbica em casa com o vídeo que encontrei no YouTube. Muito bom! Deu pra suar bastante e valeu a pena. Ganhei meu tênis para treino e estou super feliz!!! Já vou estreá-lo amanhã (se São Pedro permitir, claro).

Falando em tênis...

     Como vocês compram o de vocês? Pelo preço, pela marca, pela cor ou pelo tipo de pisada? O ideal é que tudo isso esteja em sintonia. O calçado ideal para a sua pisada evita dores articulares (principalmente joelhos e região lombar), evita lesões e é mais confortável. Vale a pena conferir qual o seu tipo e sempre conversar com o vendedor antes (na Internet tem como saber pela descrição do produto).

Olha a dica:





Aprendizados do dia:

1 - Casal que corre na chuva unido, permanece unido - e sem gripe!

2 - A Internet pode salvar sua atividade física; 

3 - Sempre leia um livro.




Façamos...
segunda-feira, 29 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Seja bem vindo, maio.

     Gente, abril está acabando e o que temos que fazer a partir de agora? Começar tudo de novo. Pensar, planejar e executar. Estou entrando no segundo mês de re-educação alimentar e atividades físicas, e vou reavaliar minhas metas e saber o que preciso fazer para alcançá-las. A priori, vou continuar com as atividades que já estava fazendo, apenas aumentando o ritmo e o tempo de corrida. A alimentação vai ser basicamente igual (vou voltar na nutricionista em maio) e vamos que vamos!

    Ontem no cinema eu comi pipoca. Uhuu!! Mas antes tomei sopa de legumes e de sobremesa suco de laranja, cenoura e beterraba sem açúcar. No shopping sempre tem muitas opções saudáveis para se alimentar e hoje em dia eu sempre escolho essas. Passo longe das guloseimas e sorvetes que adoro (o que os olhos não vêem, o olho grande não deseja). Bom, o filme nem foi assim uma coisa de louco, mas valeu a pena o passeio.

     Como prometido, contei o meu consumo de água na sexta e hoje. O resultado foi:

Sexta: 3,550 L

Domingo: 3, 950 L

     [Nossa! Eu bebo mesmo muita água]. 

     Daí que o meu dia de descanso das atividades físicas e eu aproveitei para colocar as tarefas domésticas em dia. Oh, my... Estava chovendo demais e as roupas se acumularam. Sabe como é, né?! Só fiz a Yoga à noite e fui dormir tranquila, tranquila.

Liberte-se do que te prende e seja feliz...

Namastê.


Aprendizados do dia:

1 - Não acumule roupa suja;

2 - Não ande de calcinha pela casa com a janela aberta;

3 - Confira se seu gato está em casa antes de sair.



PLANO DE TREINAMENTO DA SEMANA


Segunda

Manhã: 30’ de caminhada + 30’ de Yoga
Tarde: 40’ de aeróbico em casa

Terça

Manhã: 40 min (10 min alternando 1 min de corrida leve e 1 min de caminhada leve + 30 min alternando 3 min de corrida moderada com 2 min de caminhada leve)
Tarde: 1h de Pilates
            1h20m de Yoga

Quarta

Manhã: 30’ de caminhada + 30’ de Yoga
Tarde: 40’ de aeróbico em casa

Quinta

Manhã: 34 min (10 min alternando 1 min de corrida leve e 1 min de caminhada leve + 24 min alternando 10 min de corrida leve e 2 min de caminhada leve)
Tarde: 1h de Pilates
            1h20m de Yoga

Sexta

Manhã: 30’ de caminhada + 40’ de Yoga

Sábado

Manhã: 35 min (20 min alternando 2 min de corrida leve e 2 min de caminhada leve + 15 min de corrida leve) + 30’ de Yoga

Domingo

Manhã: 40’ de Yoga
domingo, 28 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

A determinação nos leva ao nosso sonho.

     Eu e meu bem somos dois velhos. Se a gente perder noite ou simplesmente dormir depois do nosso horário habitual, estamos ferrados. Foi o que aconteceu comigo hoje. Acordei mais tarde (por volta das 05:45h) e morri de sono e preguiça para correr. Mas fui, claro! Ontem eu me comportei muitíssimo bem e fiquei muito, muito contente comigo mesma. Detalhe: eu comi antes de sair de casa, então não fiquei parecendo uma viciada com crise de abstinência. Valeu muito a pena.

     Bom, aí corri. Corri, corri, corri. Mas corri mesmo! Fiz 2 km a mais do que deveria e correndo!. Ô felicidade divina! O restante do dia foi tranquilo, alimentação bacana, refeições nos horários certos. Vamos à noite (de novo) para ir ao cinema assistir "O Homem de Ferro 3". Programa bacanérrimo! Espero valer o ingresso. Vou comer um sanduíche natural ou alguma coisa light e levar minha barrinha de proteína para garantir.


     É isso aí, gente boa! Semana que vem começo um novo mês - o segundo de muitos rounds - e estou super motivada. Algumas meninas comentam aqui sobre minha motivação e meu ânimo, e vou lhes dizer uma verdade incontestável: sou humana, gente. Tenho minhas tentações, tenho meus desejos, tenho vontade de largar tudo e voltar para a minha zona de conforto, tenho preguiça em muitos dias, mas acima de tudo isso eu tenho determinação.

     Durante anos eu briguei com a balança sem perceber que não era com ela que eu deveria lutar: era com a minha cabeça. Eu queria ser magra, mas não me via como magra. Sempre que eu emagrecia e ia rever as roupas, dizia "Não vou dar essa porque um dia vou precisar dela". Ou seja, eu já sabia que engordaria de novo. Só que dessa vez eu não quero fazer mais isso porque eu não quero passar o resto da minha maravilhosa vida lutando contra algo que só me faz mal. Não que eu queira ser magra, palito, mas eu quero ser saudável e estar de bem com o meu corpo. E isso é para sempre. Esse foi o compromisso que eu assumi comigo mesma.

     Então, quando vocês me dizem "Nossa, Carol! Quanta disposição, menina!", eu penso: "É... é isso o que eu tenho de sobra hoje e vou continuar para sempre". Desde que comecei a me re-educar e levar a sério o que a nutricionista falou no ano passado (mas que só ouvi este ano), eu tenho me motivado todos os dias. Podem reparar que eu não falo de metas a curto prazo, de quanto quero perder na semana, de entrar numa roupa menor até tal mês, etc. Não que isso seja ruim, claro. Mas eu não faço isso porque eu já fiz e nunca deu certo. Hoje eu penso em dias. Fazer uma coisa - a coisa certa - a cada dia; como uma subida lenta e gradual de uma escada. Cada dia eu me proponho a fazer algo e faço. Eu tenho um objetivo grande no final, mas eu crio pequenas metas a cada dia e faço o balanço da semana. Estou sempre lendo blogs de meninas na mesma luta que eu, estou sempre buscando uma palavra de incentivo, uma imagem, um vídeo. Eu repito isso todos os dias, como um mantra. Porque assim eu tenho ânimo todo santo dia.

     Quem está na mesma situação ou intenção que eu sabe que não é fácil, mas hoje eu sei que não é tão difícil quando eu dizia que era. Tudo depende só de mim. Meu corpo é maravilhoso e trabalha comigo de maneira harmônica, fazendo o que eu lhe peço, tornando meu sonho possível. Eu e ele estamos nos entendendo de maneira igualmente gradual e firmando uma parceria para a vida toda.

     Por isso, quando a vontade te puxar para baixo, deixa o sonho te levar para cima. Mesmo em tempo frio e chuvoso, mesmo em dias de preguiça e cansaço, mesmo em dias que só as mulheres sabem a bosta que é, mesmo contra o que os outros dizem, mesmo contra as pessoas que te olham na rua correndo/caminhando/pedalando e fazem cara de "Lá vai a doida"; mesmo com tudo isso, faça o seu melhor, dê o melhor de você a você mesmo. Você só tem a ganhar.


Namastê.


Aprendizados do dia:

1 - Despertador tocou? Levante;

2 - Não existe tempo ruim;

3 - Tire todo o rímel antes de correr.




sábado, 27 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Sexta que te quero!

     Tempo em Salvador: chuva, vento, chuva, dia nublado e depois fez um tempo melhor. Resultado? Pre-gui-ça. Para tudo, inclusive. MAS, mais uma vez, eu não me rendi! Mesmo contra a minha mente letárgica, coloquei o tênis e me mandei para minha caminhada, só que a fiz na parte da tarde. Total: 55' de caminhada (25 a mais do que eu tinha proposto).

     Hoje quero deixar duas dicas de leitura. A primeira é grandinha, mas é muito importante para quem está fazendo caminhadas/corridas ou quaisquer outras atividades aeróbicas. É uma matéria da Aliança Brasileira de Pilates, uma instituição respeitadíssima no mundo acadêmico/científico do Brasil. Alguns trechos e expressões são bem específicas da área de Fisioterapia, mas ele tem sugestões de como caminhar de forma correta, prevenindo lesões e melhorando as atividades diárias da gente. A matéria se chama De volta ao controle: caminhando e é bem bacana.

     A segunda dica é uma matéria que saiu num jornal local daqui de Salvador, o Jornal A Tarde, hoje e fala sobre o número de macarrões instantâneos que foram consumidos no ano de 2012 no mundo inteiro. Um absurdo! 


     Como hoje é sexta, nada melhor que relaxar, né? Pois bem. Fomos a restaurante japonês delicioso e eu me comportei como a lady que sou e não fiz qualquer bobagem. Eu agarantcho! Depois fomos assistir uma peça com o Eri Johnson, "Eri pinta, Johnson borda" e eu dei boas risadas. Voltamos para casa sem mais nada no estômago. Maravilha! Boooooommm... entããããããooooo... eu tirei umas fotos com uma das benditas calças que experimentei durante e a semana. Usei até maquiagem que é coisa rara (e ultimamente tinha ficado bem escassa porque eu estava me sentindo um sapo-boi fêmea). Como fiquei? Ah, sei lá!




    Desejo à todos um final de semana cheio de harmonia e determinação. Não sucumbam às tentações, crianças. Elas podem te matar. Ou engordar, o que é pior.




Aprendizados do dia:

1 - Congele pedaços de carne/peixe/frango já temperados. A preguiça pode chegar um dia;

2 - Pesquise preços;

3 - Experimente calças jeans dias antes de sair.




sexta-feira, 26 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Quinta que te espero...

     Gente, o dia amanheceu cinza e cheio de nuvens carregadas. Mas quem disse que a Carol se afugentou? Non, non, non! Levantei às 5h, comi, coloquei o casaco e o tênis e fui correr atrás do meu pote de ouro no final do arco-íris. Ok, eu apenas corri na rua mesmo. Estou na última semana do treino proposto para este mês e minha resistência cardio-respiratória realmente melhorou consideravelmente. Cheguei até a dar uma volta de 1 km extra. Oh, yeah! Fiz a Yoga-nossa-de-cada-dia e meu dia tornou-se mais azul (apesar da chuva).

     Bom, vi que o post de ontem gerou algumas opiniões divididas e era exatamente isso que eu queria: reflexão. Isso é o que eu acho e cada um pensa de uma forma. A Marina e a Lilika até salientaram sobre algumas lojas convencionais terem esses problemas, mas ainda assim a gente ainda encontra uma peça 46, 48. Falei de loja de grife porque elas SIMPLESMENTE NÃO têm uma única peça 44 normal! Enfim... Obrigada pelas opiniões e por terem visualizado a situação.

     Leio em alguns blogs parceiros que algumas meninas têm uma dificuldade enorme para consumir água e resolvi medir o meu próprio consumo. Bebi usando um copo de medida e a minha squeeze e anotei as quantidades. Geralmente eu bebo muita água, mas nunca medi a quantidade. Mas devo considerar algumas coisas: 

- Hoje é quinta e isso significa que eu corro, faço Pilates e dou aulas. Então vou ter que medir amanhã e domingo (meu dia de descanso);

- Está num tempo menos quente em Salvador, então eu imagino que meu consumo aumente quando o calor está rachando o quenco. 

     E o resultado foi... Jesus, Maria e José!!! Deu 4,250 L! Fora o que eu não contei porque vou tomar, certamente, antes de dormir. Eu sabia que bebia muita água, só não imaginava o quanto! Uh-lá-lá!

     Aí eu vi uma imagem que achei bem interessante para quem não tem o hábito de consumir água. Eis-la:
Fonte: Internet
 É claro que não precisa ser numa garrafa de refrigerante, mas vale a ideia.


     A alimentação foi tudo lindo, a atividade física também. Onde eu dou aulas (Atelier Pilates Tatiane Casal) vai abrir turma de Yoga (pena que vou embora) nos mesmos dias em que estou lá. Hoje foi a primeira aula e quem entrou de gaiata na aula? Moi, of course! Coisa linda de se ver e sentir e fazer e viver. Indico demais a prática não apenas das posturas como também das técnicas de meditação e respiração. Fazem o nosso dia valer cada segundo. Coloquei as fotos lá embaixo para quem quiser ver.



Entonces muchachas y muchachos, ya me voy!

Mas, primeiro...

Essa foto vai especialmente para a Cris Campos. Volta para a Yoga, Cris!!!



 Aprendizados do dia:

1 - Tenha um copo de medida em casa;

2 - Troque sempre as músicas do MP3/iPod;

3 - Não se polua com rancor.



PILATES E YOGA NO ATELIER PILATES TATIANE CASAL









YOGA
YOGA

YOGA (Só assim pra eu ter coragem de fazer).

quinta-feira, 25 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Plus size ou tamanho para todos?

     O post de hoje não é só sobre comida e atividade física, mas também sobre uma coisa tão importante para quem é gordinho e está lutando contra a balança: roupas. Não moda ou combinação de estilos. Estou falando de tamanho.

     Sou terminantemente contra modelos e lojas do tipo plus size. Quem entra em lojas assim? Gordo. Ou obeso. "Sim, Carol, mas se não for em loja assim, onde iremos encontrar roupas?". E eu vos digo: em lojas "normais". Fico aborrecida quando entro numa loja de grife e os tamanhos são para pessoas esqueléticas! Por mais que eu emagreça, minha estrutura óssea é larga, tenho ombros largos e mãos enormes. Não vou caber em uma única peça deles! É péssimo entrar numa loja do tipo e:

A - Ser encarada pela atendente magérrima como se eu estivesse suja de vômito na camisa;

B - Não ter o meu tamanho.

     Sou a favor da democratização dessa lojas. Gostaria que uma pessoa cheinha entrasse em uma loja de grife requintada e encontrasse o número 48, por exemplo. Quando se coloca uma loja específica para gordinhos, o que estamos dizendo? Que você pode engordar o quanto quiser, pois sempre terá uma roupa para você. E isso é estimular o ganho de peso ou a acomodação! Quando você engorda, seus músculos reclamam, suas articulações pedem socorro, seus órgãos internos nem respiram por falta de espaço, sua auto estima te abandona e você ainda corre sérios riscos de desenvolver doenças cardíacas, reumáticas, diabetes, etc. 

     Então para que essa onda de "modelos plus size"? Veja bem, não sou a favor daquelas modelos esqueléticas, que as vezes são mais patológicas que a fofinha que vos fala, mas sou a favor da saúde e da democracia. Agora gordo pagará mais nas passagens aéreas porque o consumo de combustível aumenta com o peso. Agora gordo tem assento específico no ônibus. Agora gordo tem loja de tamanhos imensos. E eu não concordo com isso!

     Sim, Carol, e como uma loja vender roupas para magros e gordos vai mudar o processo de ganho de peso? Pode até não interferir diretamente, mas não vão criar um apartheid. As pessoas não precisarão sofrer tanta humilhação na hora de comprar uma roupa, não se sentirão excluídas por estarem acima do peso e talvez até pensem que podem melhorar de vida.

     Aí eu vou pro pensamento atrás de tudo isso: saúde. Alguém já assistiu o filme "Wall-E", da Disney/Pixar? Será o nosso futuro se continuarem dizendo que tem espaço para o gordo. Isso é uma hipocrisia tão grande porque ninguém quer ser gordo! Até o técnico Bernadinho emagreceu 15 kg porque o médico dele mandou; ele já estava com início de algumas patologias decorrentes do peso.

     O brasileiro consome, em média, 12 g de sal. 12 g de sal!!!! Quando o ideal está entre 4 e 5 g/dia. O número de crianças obesas vem aumentando em nosso país. O número de mulheres obesas também. O número de infartos causados pelo sedentarismo mata mais que acidentes de carro. Casos de artrite e artrose estão elevadíssimos. Jovens, meninos e meninas, sofrem algum tipo de agressão por conta do sobrepeso; alguns se isolam do mundo, outros se suicidam. É isso o que queremos? Oh, please! Sejamos coerentes e reflitamos sobre o assunto.

     Eu sou contra o GG, XG, XGG, plus size. Eu sou a favor da vida.


Mudando a temática...

     Vou agradecer à Fernanda, do blog Desabituando... por ter, tão pacientemente, me ensinado a colocar a barrinha de peso aqui. Uhuu!! Valeu, Nanda!!! Acho que vou ter que mudar o plano de fundo dele, mas tudo bem.

       Meu dia foi cinza, cinza e lutei contra a preguiça para fazer minhas atividades de hoje. A alimentação foi tranquila (24 dias com salada todos os dias) e estou bem confiante.

     Um beijo a todas as pessoas que leem e comentam (ou apenas leem) no meu blog. As vezes eu não respondo diretamente aqui porque não sei se vocês voltam para olhar, mas sempre dou um jeito de mostrar que eu li e me importei com  o que foi escrito. Aliás, tem dias (dias como hoje) que são esses comentários motivadores que me fazem seguir em frente. Obrigada de coração!!!


Aprendizados do dia:

1 - Tenha sempre uma caneta na bolsa;

2 - Tenha sempre chiclete sem açúcar na bolsa;

3 - Tenha sempre a bolsa em mãos.


Namastê!


quarta-feira, 24 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Oh, yeah mother fucker!

Para refletir:



     Hoje completa 23 dias que resolvi mudar a minha vida para sempre. Nunca coloquei aqui no blog meu objetivo que é de perder 10 kg (e ficar com 74). Estou muito animada, feliz demais por conseguir me manter na linha, comer direitinho e vencer a preguiça de levantar cedo e ir me exercitar. Então minhas metas para este ano são essas:

- Viver de forma saudável (resto da vida);

- Eliminar 10 kg (em 2013);

- Correr uma prova de rua de 5 km (novembro/2013).

     Fácil? Não, não é. Agradável? Tem se tornado, já que os resultados estão começando a aparecer. Tenho que rever todos os dias o que quero conquistar e as ferramentas que estou utilizando para isso. É uma constante e sei que esse é um hábito que tenho que manter daqui para o resto da minha vida. E eu vou conseguir!

     Bom, a alimentação e as atividades físicas foram seguidas à risca. Dei minhas aulas e fui dormir cedo.

Explicando o "frio":

     Meninas, Salvador é quente e úmida (Ô, Jesus!), mas ultimamente não choveu (a última vez foi em janeiro) e fez muito, mas muito calor. Tem cidades na Bahia que marcam 5, 7, 8º, mas não é o caso da capital. Então quando começa a chover e ventar, 25º pra gente é festa. No inverno chega a 19, 20º e aí é motivo de gorro, cachecol, casacão. Sinceramente, eu amo o clima daqui, aquele céu azul, aquele cheiro de calor, mas um dia eu vou experimentar o frio de verdade. Prometo!



E para melhorar o dia...

Peso inicial: 84,4 kg (- 3,5 kg). Oh, yeah mother fucker!


E no Pilates...

Porque Pilates não é só força.

Atelier Pilates Tatiane Casal em Salvador/BA



Aprendizados do dia:

1 - Pare de se olhar no espelho;

2 - Pare de se olhar no espelho;

3 - Pare, pelo amor de Deus, de se olhar no espelho.

terça-feira, 23 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Jeans antigos, vocês agora me pertencem de novo!

     O post hoje é curtinho. 


     Quero iniciar agradecendo a todas as meninas que acompanham meu blog e comentam. Saibam que vocês são minhas motivadoras virtuais. Sério mesmo!!! As vezes dá aquela vontade de ficar em casa, de bobeira, aí eu leio os comentários de vocês, leio os blogs de vocês, os incentivos, os deslizes e as retomadas, e meu ânimo se renova. Obrigada à todas pelo tempo dedicado a vocês, a mim e a todas as mulheres que estão no mesmo barco que nós. A união faz a força!
Obrigada!!!



     Acordei com aquela vontade de ficar mais um pouco na cama e fiquei. Rá! Fiquei mesmo, curtindo o vento frio do outono (apesar da Marina Hudson do blog Gorduxa na luta me zoar porque acho 24º frio. Ô Marininha, me dá um desconto. Até semana passada estava mais de 36º). 

     Deixei a caminhada para a parte da tarde, como um aquecimento para o circuito. Tudo lindo! Venci o vento, as gotas de chuva e ainda suei. Alimentação? Ok. Atividades propostas para hoje? Ok


Momento Oh My God

     Ainda na parte da manhã eu resolvi fazer aquilo que todo mundo que está perdendo peso faz: experimentar roupas que não cabiam mais. Vale ressaltar que só tenho 5 calças jeans e nenhuma dava mais em mim. Tragédia! A boa notícia é que todas voltaram a entrar. Uhuu!! Umas com mais aperto, outras com menos, mas todas entraram e fecharam. Aí eu me empolguei e vesti vestido, saia, bermuda, shorts. Sensação boa demais! Isso só me motivou a continuar fazendo o que me propus e me empolguei ainda mais. Estou até pensando em começar a malhar mês que vem (odeio musculação, mas vou acelerar o processo de emagrecimento. Além do mais, com o inverno chegando, fica ruim correr na rua, logo, vou precisar de uma esteira. Já faço logo tudo em um único lugar).
[Fiquei assim depois de experimentar as calças].


A dica de leitura de hoje é um artigo da Revista On Line Minha Vida sobre os "impostores da dieta". São alimentos que a gente acha que é saudável, mas nem é tão assim. Vale a pena ler.


Aprendizados do dia:

1 - Comece a dar suas roupas velhas (e largas!);

2 - Comece a pensar em comprar roupas novas;

3 - Tenha vários elásticos para cabelo.


Namastê!


Não deixe dias ruins estragarem seus sonhos.




segunda-feira, 22 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Olá, meu nome é inércia.

     Ai, Jesus! Acordar 6:30h num domingo chuvoso e de vento frio (que pede outras coisas, claro) para manter o horário da alimentação. Não vou mentir: o dia pediu cama, cobertor e xodó. Rá! Ainda estava meio sonolenta e não fotografei meu café da manhã, mas foi iogurte natural com granola light + 2 biscoitos salgados light com ¹/² Polenguinho também light. Aos poucos meu organismo está se acostumando a comer menos.

     Dica de leitura: ontem eu descobri um blog que virou site de uma ex gordinha que ficava naquele efeito sanfona e acabou de vez com isso. Gente como a gente, que trabalha, que rala. Veja bem, adoro ver as fotos daquelas atrizes e patricinhas que malham, mas que são acompanhadas de personal trainers, nutricionistas esportivos de ponta, isso e aquilo. Isso gera - pelo menos em mim - aquela sensação de distância da minha realidade, sabe? Aí vem uma pessoa que tem a mesma profissão que eu, que tem a mesma altura, que passou pelas mesmas coisas e que não é famosa, e isso sim me motiva. É como se fosse possível para mim também. O blog dela virou tanto sucesso que agora é site e tem receitas saudáveis, concursos e mostra o dia-a-dia e também a transformação. Vale a pena conferir: Blog da Mimis. Tem também a fanpage do Facebook. É bem legal.

     Voltando à minha realidade, o dia foi de muita mas muita preguiça. Esse tempo fechado associado ao fato de não ter que me exercitar hoje gerou esse meu estado de pura inércia. Na verdade, eu até gostei porque relaxei mente e corpo. Só fiz mesmo minha Yoga e só!

     Por falar em Yoga, é impressionante como o corpo da gente se adapta às condições novas e como ele responde bem a isso. Sinto-me mais relaxada, mais confiante, falo mais devagar (continuo falando muito. Acho que não tem remédio contra isso) e minha mente está se libertando de pensamentos negativos. Efeitos mesmo da atividade ou apenas influência do meu psicológico? Sei não, só sei que estou adorando perceber isso.

     Meu lanche da manhã foi à base de mamão com amêndoa. Fomos à churrascaria comprar carne para o almoço. Acabamos almoçando por lá mesmo, mas comi tudo nos conformes. Só tomei um delicioso suco de limão, fantárdigo!. Meu bem viaja hoje de novo e isso é um saco! Sempre viajando e viajando. Sei que é parte de um processo, mas mesmo assim é um saco. O lanche da tarde foi pera + uvas.

     Fiz um cuscuz de tapioca para o café da noite e comi um pedaço pequeno + 2 biscoistos de gergelim + café com leite e canela (Foto). Vou levar meu pão ao aeroporto e dormir "like a stone". Amanhã é um novo dia, uma nova semana e estou caminhando para o final do mês.


Foto: Cuscuz de tapioca . Fiz numa xícara e nem comi todo. A aparência pode até parecer feia, mas está uma delícia.

Namastê.

Aprendizados do dia:

1 - Tenha sempre uma calça de moletom velha;

2 - Descanse seu corpo e desconecte sua mente;

3 - Não fique experimentando tapioca crua.



Treino da semana 4 (Jáááááá????)

Segunda

Manhã: 30’ de caminhada + 30’ de Yoga
Tarde: 50’ de circuito em casa

Terça

Manhã: 28 minutos (10 min alternando 1 min de corrida moderada e 1 min de caminhada leve + 18 min alternando 3 min de corrida moderada e 2 min de caminhada leve)  + 30’ de Yoga

Tarde: 1h de Pilates

Quarta

Manhã: 30’ de caminhada + 30’ de Yoga

Tarde: 50’ de circuito em casa

Quinta

Manhã: 27 minutos (alternar 1 min de corrida leve e 8 min de caminhada moderada) + 30’ de Yoga

Tarde: 1h de Pilates
   
Sexta

Manhã: 30’ de caminhada + 30’ de Yoga

Sábado

Manhã: 33 minutos (alternar 3 min de corrida leve e 8 min de caminhada leve) + 30’ de Yoga

Domingo

Manhã: 30’ de Yoga
domingo, 21 de abril de 2013
Por Caroline Fortunato

Vem comigo!

Postagens Anteriores

Leia mais

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Eu Mais Saudável -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -